Ciclo de extensão Diálogos entre Cultura, História e Memória

As pesquisas e os debates das últimas décadas reforçaram a importância de compreendermos que os lugares de enunciação são centrais, e que a memória é um campo em tensão permanente, um espaço de relações de poder, muitas vezes assimétricas. E estes conflitos se dão não somente em disputas sobre o passado, mas também de narrativas sobre o presente e sobre os projetos de futuro. Neste complexo contexto, o poder de narrar as memórias, de escolher o que será (ou não) mostrado, a partir de quais perspectivas e lugares, não é um fato trivial. E se ainda há muito o que conquistar, também tem se tornado cada vez mais claro que as conquistas não são naturais nem permanentes, e sim fruto de lutas cotidianas. Portanto, é de fundamental importância que aceitemos o desafio de desnaturalizar as narrativas que contam as nossas memórias coletivas e a de grupos específicos que fazem parte de nossa sociedade. São questões e debates presentes, de modo muito intenso, em inúmeros territórios, especialmente aqueles que não superaram os traumas da colonização, da colonialidade e do racismo.

O “Ciclo de Extensão Diálogos entre Cultura, História e Memória”, fruto da união de esforços entre o Laboratório de Produção e Gestão Cultural (ambiente ligado ao Bacharelado em Produção Cultural), o Grupo de Pesquisa Territórios e Culturas e o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas – NEABI, do IFRJ campus Nilópolis, visa problematizar estas discussões e embasar ações ligadas a estas temáticas. Estruturado como um curso dividido em cinco encontros, com pessoas de reconhecida contribuição nesses debates, o ciclo é um desdobramento de outras ações recentes desenvolvidas pelos professores Affonso Pereira (História) e Alexandre Pimentel (Produção Cultural), como o “I Ciclo de Formação em História, Memória e Culturas Indígenas” [2018|2019], o ciclo de extensão “Territórios e Culturas: Diálogos dos Povos e Comunidades Tradicionais com as Periferias do RJ” [2020], o “I Seminário Questão Indígena na Baixada Fluminense” [2020] e o “II Ciclo de Formação em História, Memória e Culturas Indígenas” [2021]. O ciclo conta com a parceria do Coletivo Pluriverso, além do apoio da Coordenação de Extensão do IFRJ Campus Nilópolis (COEX).

Os encontros irão ocorrer no formato remoto, ou “presencial on line”, mediante inscrições prévias por meio da Plataforma Pluriverso (https://pluriverso.online/cursos) e terão transmissão, ao vivo, pelo canal no Youtube da Coordenação de Extensão do IFRJ Campus Nilópolis (https://www.youtube.com/CoExcampusNilópolis). Haverá emissão de certificados somente para quem estiver inscrito e obtiver um mínimo de 75% de presença nos encontros síncronos.

[Foto da capa: Felipe Varanda – acervo: Museu Vivo do Fandango | Design: Marcos Corrêa – Ato Gráfico]


O CURSO INTEGRA O PROJETO “PRODUÇÃO CULTURAL, HISTÓRIA E MEMÓRIA, QUE CONTA COM RECURSOS DO EDITAL INTERNO N°05/2021 | FOMENTO A PROJETOS DE EXTENSÃO DO CAMPUS NILÓPOLIS DO IFRJ


Baixe a proposta completa do Ciclo em PDF:


Sobre o Instrutor

+109 inscritos
Iniciar curso
Este curso está atualmente fechado

Atividade Inclusos

  • 7 Módulos

Assine de forma gratuita e mantenha-se atualizado. Não vamos encher sua caixa postal. Só o que importa!